O slogan “Um dia sem suco de laranja da Flórida é como um dia sem sol” é criação de Anthony Rossi, fundador da Tropicana
Business

O símbolo de amor entre São Paulo e Flórida

Por Lineu Vitale

Ao longo da história, o citrino tem sido um símbolo de amor, felicidade e santidade. Para os japoneses, a floração representava castidade, enquanto que para os sarracenos era um símbolo de fertilidade.
Os comerciantes árabes trouxeram as frutas da China e da Índia e ajudaram a disseminá-las na área do Mediterrâneo. Os portugueses e os espanhóis introduziram laranjas no novo mundo. Segundo relatos, Cristóvão Colombo trouxe laranjas para o Caribe. Os portugueses levaram a laranja para todos os lados. No Iran, o suco de laranja é chamado de “ab portughal”, ou seja, água portuguesa.

Depois que a Flórida foi cedida aos Estados Unidos pela Espanha, o cultivo de laranjas tornou-se o símbolo do estado. Até hoje as placas dos automóveis têm fotos da fruta. A grande demanda de sucos de laranja deve-se a Anthony Rossi, fundador da Tropicana. Foi ele quem liderou grandes campanhas publicitárias para levar as pessoas a consumirem a bebida. O slogan “Um dia sem suco de laranja da Flórida é como um dia sem sol” é sua criação. Na época, os americanos consumiam sucos de maçã e cranberry. O costume de se tomar suco de laranja pela manhã deve-se a ele.

Um ícone da época foi o Florida Citrus Tower em Clermont, construído em 1956. Seu objetivo original era fazer com que os visitantes pudessem ver os quilômetros e quilômetros de laranjais do topo da torre de 150 metros de altura, área hoje ocupada pelas atrações da Disney. Mas geadas, doenças e altos salários nos Estados Unidos levaram ao crescimento dessa indústria no Brasil, particularmente na região de Araraquara, estado de São Paulo. O Brasil não tem tradição de consumo de suco concentrado, portanto, quase toda a produção nessa categoria é exportada.

O negócio de suco de laranja no Brasil representa uma operação comercial sofisticada que envolve navios-tanques, arbitragem, flutuação cambial e investimentos brasileiros nas negociações comerciais EUA-Brasil.

eja os números:
• O Brasil é o maior produtor mundial de laranjas e responde por três quartos das exportações globais.
• O estado de São Paulo é responsável por 98% da produção brasileira.
• O Brasil tem quase três vezes mais da área plantada da Flórida.
• O Brasil produz 18.279.309 toneladas de laranja, enquanto os Estados Unidos, 7.357.000, México, 4.160.000, e Índia, 3.900.000 toneladas. Outros grandes produtores são África do Sul, Turquia, Marrocos e China.

Com esses números, a Flórida não pode competir com o suco brasileiro. Eles alegam que o Brasil manipula preços e despeja seu suco de laranja abaixo do custo de produção, numa alegação constante há mais de 30 anos. O filme “Trading Places”, com Eddie Murphy, aborda a corrupção nesse mercado e a manipulação do mercado de futuros na Bolsa. Embora as importações estejam em alta de 10%, a tendência ao longo prazo é de queda.

Lembre-se na próxima vez que beber suco de laranja: é possível que você esteja tomando um autêntico suco brasileiro.

You cannot copy content of this page