Imigração Turismo

Fila de espera nos consulados dos EUA em SP e Recife bate recorde

Sending
User Review
0 (0 votes)

São Paulo registrou 554 dias de espera, ou seja, mais de 18 meses, enquanto Recife, 406 dias

Os viajantes brasileiros têm enfrentado filas de espera cada vez mais longas na hora de agendar uma entrevista para emitir o visto americano de turismo (B1/B2). Dados do escritório de advocacia AG Immigration – sediado em Washington D.C. e especializado em green cards para os EUA – revelam que, de 13 a 20 de março, o tempo para conseguir um agendamento nos consulados de São Paulo e Recife atingiram o maior patamar da história.

Em São Paulo, por exemplo, a fila de espera atualmente é de 554 dias, ou seja, mais de 18 meses. Isso significa que, caso um turista decida hoje pedir o visto americano, ele só conseguirá fazer a entrevista consular – última etapa do processo de emissão para quem pede o documento pela primeira vez – em setembro de 2024.

Em Brasília, a Embaixada está demorando 469 dias (15 meses) e, em Recife, o tempo de espera é de 406 dias (13 meses).

Já no Rio de Janeiro, a fila chegou a 449 dias – longa, mas ainda distante do recorde de 500 dias. Por fim, o tempo de espera em Porto Alegre é de 377 dias, sendo que a máxima registrada para a capital sul-rio-grandense é de 400. 

Os dados são obtidos junto ao Departamento de Estado americano e monitorados semanalmente pela AG Immigration, que com isso consegue criar um índice de espera para cada um dos postos diplomáticos dos EUA no Brasil. O levantamento começou a ser feito em dezembro de 2022, em razão da crescente demora para a emissão do visto de turismo para brasileiros.

“Temos visto um grande esforço por parte da Embaixada em agir sobre esse problema, principalmente, por meio de contratações de mais oficiais consulares para atuar aqui no Brasil. Com isso, eles vão abrir mais horários de agendamento e poderão atender mais pessoas por dia. Mas é algo que leva tempo. Pode ser que tenhamos novos recordes até que as medidas comecem a ter algum efeito”, explica o advogado de imigração Felipe Alexandre, sócio-fundador da AG Immigration.

De acordo com a Embaixada dos EUA no Brasil, existem mais de 6 milhões de vistos válidos entre os brasileiros. Além disso, cerca de 40% dos pedidos feitos ao órgão são de renovações, que dispensam o candidato a realizar a entrevista consular.

De acordo com uma pesquisa da AG Immigration, o Consulado de São Paulo foi o terceiro posto diplomático dos EUA em todo o mundo que mais emitiu vistos em 2022.

Sobre a AG Immigration

A AG Immigration é um dos principais escritórios de advocacia migratória dos Estados Unidos, já tendo auxiliado cidadãos de 32 países a obter o green card americano. É fundada pelo empresário Rodrigo Costa e pelo advogado Felipe Alexandre, que figura há seis anos na lista dos 10 melhores advogados de imigração do American Institute of Legal Counsel. Alexandre também foi considerado, em 2022, pela segunda vez, como um dos 10 principais advogados de imigração pela revista “Attorney & Practice Magazine”, além de ser reconhecido pela Super Lawyers, plataforma da Thomson Reuters, como referência no campo das leis imigratórias dos EUA. A empresa tem sede em Washington D.C. e escritórios em Miami, Orlando, Las Vegas, Los Angeles e Nova York.

Mais informações: https://agimmigration.law/

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 21 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page