Programe-se

Domingo é dia de final no The Voice Kids

Trio de finalistas comenta a trajetória na quinta temporada do reality, que terá sua final com shows especiais dos candidatos e dos técnicos

O Dia das Crianças é celebrado no Brasil na segunda-feira, dia 12 de outubro, mas a grande final do ‘The Voice Kids’, que acontece neste domingo, dia 11, trará uma festa antecipada para comemorar com os finalistas, elenco e seu público, que acompanhou, vibrou e torceu durante toda a temporada. Kauê Penna, Maria Eduarda Ribeiro ou Paulo Gomiz? A festa ao vivo vai apresentar quem será o grande vencedor da quinta temporada do reality musical. No programa, além das apresentações dos três finalistas, o público também vai poder curtir números preparados especialmente para a ocasião, com os técnicos Carlinhos Brown, Simaria e Mumuzinho. Simone, que está grávida, continua participando do programa remotamente.

A trajetória dos finalistas no ‘The Voice Kids’

Com 14 anos, Kauê Penna, de São João de Meriti, no Rio de Janeiro, é dono de uma voz marcante. Em sua primeira apresentação no ‘The Voice Kids’, na fase de Audições às Cegas, todas as cadeiras viraram para sua interpretação de ‘Run to you’, de Whitney Houston, e o jovem escolheu seguir no time de Carlinhos Brown. Nas Batalhas, Kauê dividiu o palco com suas amigas Giovanna de Luca e Milena Schmitz, e foi escolhido para seguir na competição. Naquela etapa, o trio cantou ‘Pra sempre vou te amar’. Em sua primeira apresentação ao vivo, Kauê interpretou “Listen”, de Beyoncé. Para a semifinal, ele apostou em mais um sucesso de Whitney Houstou, “Didn’t we almost have it all”, que lhe garantiu a vaga na final.

Catarinense, Maria Eduarda Ribeiro, também de 14 anos, arrancou elogios dos técnicos em cada uma de suas apresentações. Nas Audições às Cegas, sua interpretação de “De volta pro meu aconchego” emocionou e todas as cadeiras viraram para a menina, que escolheu integrar o time de Claudia Leitte (que está sendo comandado por Mumuzinho desde o início dos programas ao vivo). Na fase das Batalhas, Maria Eduarda, Ana Clara Martins e Giovanna Dinniz cantaram “Samba de Verão” e a técnica escolheu Maria para continuar na disputa. Em sua primeira apresentação ao vivo, ela interpretou “Rise up”, de Andra Day. A vaga na final veio após a artista cantar o hit do Fat Family, “Fim de tarde”.

Paulo Gomiz é de São Paulo e também tem 14 anos. Em sua primeira apresentação no The Voice Kids, ele conquistou todos os técnicos com sua apresentação de “Beauty and the beast” nas Audições às Cegas. Nessa primeira fase do programa, Paulo escolheu seguir na competição sendo direcionado pelas técnicas Simone & Simaria. Nas Batalhas, ele foi selecionado pelas coleguinhas após uma performance emocionante de “This is me” com Davi Anderson e Venicios Melo. Já em sua primeira participação ao vivo no programa ao vivo, garantiu a vaga para a semifinal cantando “Stay with me”. No último programa, a escolha de Paulo foi interpretar o sucesso de Bruno Mars, “Talking to the moon”. O show lhe assegurou a vaga na grande final deste fim de semana.

Um papo com os finalistas

O dia 11 de outubro de 2020, data da grande final da quinta temporada do ‘The Voice Kids’, ficará marcado na história de Kauê, Maria Eduarda e Paulo, assim como toda a trajetória dos três jovens no programa. Na entrevista abaixo, eles contam sobre a emoção de chegar à última etapa da competição, e também sobre as experiências e os aprendizados que tiveram ao longo dessa jornada.

Qual é a sensação de chegar à final da competição?

Kauê – É uma sensação de: – ‘Cara, eu estou aqui’! Uma sensação com um pouco de surpresa porque eu não imaginava, nem lá no início e nem agora, que eu iria chegar na final do ‘The Voice Kids’. É uma felicidade imensa porque foi uma surpresa para mim.

Maria Eduarda – A sensação de chegar à final da competição é de euforia, de alegria, todos os sentimentos misturados. Eu não imaginava chegar tão longe e isso está sendo a realização de um sonho para mim.

Paulo – É supergratificante. Poder realizar esse sonho, que sempre tive, é incrível. Me inscrevi, fui passando pelas fases e cheguei à final! Isso é um sinal de que o público está gostando do que eu faço.

Que aprendizados te marcaram ao longo da disputa e que você levará para a vida?

Kauê – São vários… Aprendi tanta coisa, inclusive nessa fase em que tudo parou (pandemia). Cresci muito como artista, cresci muito como cantor.

Maria Eduarda – O aprendizado que me marcou e que vou levar para o resto da minha vida é que a gente nunca deve desistir dos nossos sonhos. Se você tem um sonho, corre atrás!

Paulo – O que eu vou levar para a minha vida são as amizades que criei no programa, as dicas de todos os técnicos e a experiência de uma maneira geral.

O que sua jornada no ‘The Voice Kids’ contribuiu para sua relação com a música?

Kauê – Aprendi muita coisa. Novas técnicas, coisas que não só o Carlinhos Brown me falou, mas todos os técnicos nos falaram.

Maria Eduarda – Cresci como cantora, meus técnicos me ajudaram demais. Aprendi também que a gente deve abranger vários estilos musicais. Amo cantar músicas que mostram o que a canção está dizendo, isso é muito massa.

Paulo – Fiquei mais consistente em relação à música. Eu só cantava em musicais. E cantar músicas de outros artistas, na televisão, foi uma experiência nova. Aprendi e foquei em cada música. Esse profissionalismo que o ‘The Voice Kids’ trouxe para mim eu vou levar para o resto da vida.

O que você gostaria de falar sobre a sua trajetória e sobre a possibilidade de vencer a quinta temporada do ‘The Voice Kids’?

Kauê – Acho que todos nós somos merecedores desse prêmio, até porque todo mundo tem o seu talento, nós temos a nossa caminhada. Eu batalhei muito para chegar até aqui. Eu canto desde os quatro anos e, assim como todos os outros competidores, quase 70 participantes, eu tenho uma história. E eu batalho para conseguir as minhas coisas, eu passei por muitas coisas para chegar até aqui. E para mostrar que, independente de todas as dificuldades, seja financeira, vocal; você pode. E eu estou aqui para mostrar que, independente da sua história, de onde você mora, da sua situação física ou financeira, você pode e é só você batalhar que você consegue.

Maria Eduarda – Desde os meus nove anos, sempre corri atrás dos meus sonhos. Ir para o programa era um deles. Vim de uma cidade muito pequena, que não tem muitas oportunidades. Corri atrás dos meus sonhos, não desisti, minha mãe largou tudo para realizar este sonho comigo. Por isso eu acho que mereço ser a vencedora.

Paulo – Me esforcei muito, dei o meu melhor, ensaiei muito. É meu sonho desde sempre. Quero ajudar minha mãe, com o meu sonho, a realizar o sonho dela, que é o de ter uma casa própria. Com isso, a gente vai investir o dinheiro do aluguel na minha carreira. Estou no The Voice por mim e por ela também. Quero muito retribuir tudo o que fez e faz por mim.

O ‘The Voice Kids’ vai ao ar domingo, dia 11, no canal internacional da Globo em simulcast no Globoplay, logo após o ‘Esporte Espetacular’. Após a exibição, o programa também fica disponível sob demanda na plataforma. Com apresentação de André Marques e Thalita Rebouças, a quinta temporada do programa tem direção geral de Flavio Goldemberg e direção artística de Creso Eduardo Macedo.

Fotos: Kauê Penna

Maria Eduarda

Crédito: Globo/ Isabella Pinheiro