Economia News

Como reduzir os custos de uma obra

Sending
User Review
0 (0 votes)

Veja dicas de como economizar na hora de construir

O custo de uma obra é uma preocupação constante para as construtoras e o grande desafio na hora de fazer um empreendimento é otimizar esses gastos para viabilizar a construção, mas sem comprometer a qualidade. Segundo o arquiteto Alberto Dávila, presidente e fundador da Dávila Arquitetura, custo é todo valor gasto necessário para a produção de um bem ou de um serviço e existem várias maneiras de reduzi-lo, sem ter dor de cabeça futuramente. “O primeiro passo é ter uma obra bem planejada, assim evitamos perdas e retrabalhos. Lembrando que retrabalho em obra significa demolir para construir de novo”, destaca Alberto.

Para se ter um bom planejamento, de acordo com Dávila, é preciso estudar a fundo o projeto para adotar medidas como material a ser gasto, mão de obra e tempo de execução. “Existem três palavras em relação ao planejamento que eu gosto muito: prazo, custo e qualidade. Ao detalharmos uma fachada, por exemplo, escolhe-se o padrão de acabamento, depois é escolhido o material e depois programamos a melhor forma de assentamento do mesmo para evitar perdas e desperdícios. Se conseguirmos alcançar esses objetivos, todos saem satisfeitos, nós que somos responsáveis técnicos, a construtora e o consumidor final”, declarou o arquiteto.

Outro quesito importante apontado por Alberto é o tempo da construção. Isso porque, quando a obra se estende além do prazo previsto, aumenta consideravelmente seu custo. Porém, terminá-la antes do tempo também gera custos extras que acabam estourando o orçamento. “Existe um conceito técnico que chamamos de Prazo Ótimo. Quando o empreendimento que se estende mais do que o necessário, aumenta o custo indireto como salário de engenheiros e equipe de obra, alugueis de equipamentos, manutenção do canteiro de obra, entre outros gastos. Por outro lado, uma obra rápida também é cara, pois é preciso injetar recursos para resultados mais rápidos como, por exemplo, alugar o dobro de equipamentos, pagar horas extras aos trabalhadores, revezar turnos noturnos e fim de semana, e por aí vai. O ideal é criar condições para que a obra seja finalizada no Prazo Ótimo” explicou Dávila.

 Um dos principais erros cometido por construtoras e que acabam aumentando o custo do empreendimento, explanou Alberto, é iniciar a obra sem um projeto executivo de arquitetura e complementares, o que acaba gerando decisões tomadas as pressas durante a execução da mesma, in loco, sem nenhum planejamento prévio. “A Dávila Arquitetura possui uma fase anterior ao projeto para licenciamento junto às prefeituras, onde já é feita uma pré-consulta com a estrutura e instalações para evitar surpresas”, afirmou o arquiteto.

Para Alberto, a Dávila Arquitetura é uma empresa que segue à risca os critérios para um bom planejamento de execução de obra, resultando na redução de custo das construções, refletindo no lucro final e no valor do imóvel. “Quando se extrapola o orçamento, parte desse custo é repassado ao consumidor final, mas a conta não é tão direta assim, há uma diminuição na margem de lucro dos investidores, a construtora pode não conseguir vender os apartamentos, o dinheiro fica parado com conta de condomínio em vigor, ou seja, todos saem perdendo”, concluiu Dávila.

You cannot copy content of this page
X