Marlins Park
Esporte

Vale a pena ver um jogo de baseball no estádio?

Sending
User Review
0 (0 votes)

Por Rafael Freitas

A cidade de Miami é uma das únicas 13 dos Estados Unidos que possuem times nas quatro grandes ligas esportivas profissionais em sua área metropolitana. Muitas pessoas na cidade têm interesse em ver algum desses times jogar. A melhor época para isso é entre o outono e o inverno. O mês de setembro, por exemplo, é bem movimentado. Nele, é possível assistir aos quatro times locais jogando num mesmo dia. Por outro lado, a situação é completamente inversa na primavera e no verão. Agora em agosto, por exemplo, não é possível ver basquete ou hóquei, já que as temporadas ainda não começaram. O futebol americano ainda vive sua pré-temporada e os principais jogadores mal entram em campo. Resta apenas o baseball, um dos esportes menos populares entre os brasileiros. Vale a pena, portanto, assistir a um jogo no estádio? Nós, da Revista Acontece, resolvemos responder a essa pergunta. Estivemos em um jogo do Miami Marlins e fizemos um review sobre a experiência. Separamos algumas categorias e demos notas de uma a cinco estrelas para elas. Confira.

O estádio e os preços ***
O Miami Marlins joga suas partidas no Marlins Park, estádio com capacidade para 37 mil pessoas no bairro de Little Havana. Muito bem sinalizado e com bom atendimento, é um dos mais práticos para se sentar rapidamente. Como a temporada do baseball é longa, fica mais acessível adquirir entradas. Os preços no Marlins Park começam por volta de 10 dólares. A infraestrutura ao lado é boa, ainda que não supere os arredores da American Airlines Arena.

Transporte ****
É o segundo mais fácil para se acessar para quem está na região da Brickell e de South Beach. Não há opções de trem, sendo o carro o meio de transporte mais rápido. É fácil de se estacionar, porém o trânsito depois do jogo fica um pouco complicado (ainda que melhor do que nos arredores da American Airlines Arena). Fica mais fácil pegar um Uber e gastar de 12 a 15 dólares saindo de South Beach.

Alimentação ***
A alimentação do Marlins Park segue o padrão fast food típico das arenas esportivas americanas. A comida tem nível bom e satisfaz. A vantagem é que os preços são bem mais acessíveis do que em jogos do Miami Heat. Na nossa ida, dois hot-dogs, uma cerveja e um refrigerante saíram por 25 dólares.
O jogo *
Se você conhecer as difíceis regras do baseball, as coisas ficam mais fáceis. Porém, se você não tem ideia de nada, provavelmente não sairá do estádio entendendo muita coisa. Basquete e hóquei são mais fáceis de se compreender. Além disso, a partida é muito demorada. São mais de três horas de duração – isso se não houver programação. O negócio é torcer para ter muitas rebatidas. Caso contrário, a ida ao estádio será um tédio.

O time *
Desde o último título em 2003, os Marlins não conseguem fazer boas campanhas. Em 2018, o time teve a pior campanha dos últimos dez anos. Em 2019, a situação segue. A probabilidade de se ir a um jogo e ver uma derrota é alta. O ponto positivo é que você poderá comprar um assento com melhor visão do campo (e consequentemente mais caro) por um valor mais acessível se comparado a outras equipes americanas.
Foto: Roberto Coquis- Flickr

 

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 24 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page