Fabiula Nascimento e Emilio Dantas
Programe-se

Telas pintadas por Emilio Dantas e Fabiula Nascimento em ‘Amor e Sorte’

Fabiula Nascimento e Emilio Dantas são os protagonistas do episódio ‘Territórios’, que vai ao ar hoje no canal internacional da Globo e Globoplay, na série ‘Amor e Sorte’. Eles são Francisco e Clara, um casal que enfrenta uma crise no casamento, beirando o divórcio e, quando decidem se separar, são pegos de surpresa com a pandemia. E mais: ela está com suspeita de COVID19, então eles precisam ficar isolados, nessa situação, dentro de sua própria casa. O episódio é escrito por Adriana Falcão e Jô Abdu, com supervisão de texto de Jorge Furtado, direção de Ricardo Spencer e direção artística de Patricia Pedrosa.

Nos bastidores das gravações, que aconteceram de forma remota, mais do que receber todo o equipamento, montá-lo com a orientação da equipe através de uma plataforma de vídeo, receber o figurino, se vestir, se maquiar e estar pronto para atuar e dirigir junto com a equipe de direção, este casal foi além. Emilio Dantas, nas horas vagas, se arrisca nas artes plásticas. O casal foi, então, desafiado a levar este dom artístico para seu episódio, criando algumas telas como parte da trajetória de seus personagens. Na série, quem assume o papel de artista plástica é Fabiula, quando dá vida à Clara. “O Emilio que é o grande pintor da casa. Na ficção, a gente inverteu os papéis porque eu virei a artista plástica. E a tela se tornou um processo, porque começamos a pensar o que que ia entrar ali… Foi um momento especial”, diz a atriz. O processo acabou trazendo uma intimidade maior dos dois com a história e seus personagens, já que foi um ponto de identificação com cenas que acontecem naturalmente em sua casa. “Eu me vi na tela que a gente teve que pintar. Foi algo que entrou nessa lista das coisas que nos deixa empolgados. De tão animados, uma tela se transformou em quatro”, complementa Emilio.

E não foi apenas esse momento que ajudou o casal a criar boas recordações desta gravação atípica. Ambos consideraram todo o processo bastante divertido e se sentiram felizes de poder gravar neste momento adverso. “Eu revisitei uma época boa, de quando trabalhava com produção de vídeo. O primeiro cabo que a gente teve que colocar aqui em casa, com fita crepe, me deu um saudosismo muito grande do meu primeiro emprego. E achei muito bacana a forma de fazer fotografia remotamente”, diz Emilio. “Para mim, toda essa parte de mexer com as câmeras, logar o cartão, mexer em todos os aparelhos, foi muito bacana. Pegar uma câmera na mão, realizar um plano, entender o peso daquilo, de ir no olhar, sem premeditar. Essa parte técnica de operar as coisas foi onde mais aprendi e o que mais fiquei interessada em aprender”, finaliza Fabiula.

‘Amor e Sorte’ é uma série em quatro episódios, criada por Jorge Furtado. O episódio ‘Territórios’ tem roteiro de Adriana Falcão e Jô Abdu, direção artística de Patrícia Pedrosa e direção de Ricardo Spencer.

Foto: Fabiula Nascimento e Emilio Dantas

Crédito: Globo/ Sergio Zalis