Arte

“Imagens podem ‘falar’ coisas que palavras, simplesmente, não podem”

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

O artista Rubem Robierb começou usando as palavras em forma de poesia para expressar o que achava importante comunicar. Nascido no Maranhão, em 1976, passou um bom tempo dividido entre o amor por fotografar e escrever. Com 20 anos foi a São Paulo, onde começaria uma grande trajetória de sucesso. Na cidade grande começou já como fotógrafo publicitário e seguiu caminho mais tarde para Aix de Provence, na França, onde teve sua primeira exposição individual, a Brezil Autrement.
Na Europa, Robierb viajou por vários países mostrando suas obras —passando por Zurique, Milão, Mônaco e, finalmente, chegando aos Estados Unidos, para onde se mudou, e hoje passa seu tempo entre Miami e Nova York.
O artista se diz influenciado pela arte de Andy Warhol, o criador da chamada Pop Art, e pelo grafiteiro britânico Bansky, cujas obras têm forte cunho de crítica social.
Talvez a obra mais conhecida de Robierb na Flórida sejam as grandes borboletas multicoloridas com os corpos compostos por balas de fuzil.
“A ideia de me inspirar nas borboletas veio do fato de que as vejo como um símbolo de transformação”, diz o artista, que batizou a obra de Metamorph-Us. “É um animal que representa o poder feminino, mas que ao mesmo tempo, devido à bala, também representa o poder masculino. Juntos, esses dois elementos têm o poder da criação e o da destruição”, conta o artista.
O método único de Robierb em fotografar ângulos faciais inesperados revela a singularidade da natureza humana em estados opostos, como masculino e feminino, branco e preto, bem e mal, felicidade e tristeza, paz e raiva.
O fotógrafo conta ainda que gostou muito de levar sua arte para fora do ambiente das galerias, expondo suas criações nas ruas, pois assim sua arte poderia ser vista sem filtro, de uma forma pública e menos elitista. No ano passado, o artista pintou um enorme mural no escritório Arte Fundamental, da sua agente, curadora e amiga Bianca Cutait. Rubem também possui um mural de sua autoria, em Fort Lauderdale.
O artista hoje é representado por várias galerias na Europa e na Ásia, além de Los Angeles, Nova York, Aspen e Chicago.
Como diz o próprio Robierb : “Você pode gostar ou não gostar de minha arte, mas você nunca vai sair sem alguma reação emocional ou pensamento sobre o que você viu, e este é exatamente o meu objetivo. Desde que eu parei de escrever poemas e me tornei fotógrafo, percebo que as imagens podem ‘falar’ coisas que as palavras simplesmente não podem.”
Por Jade Matarazzo – Fotos: Pamela Sarmiento

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: sáb, 20 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page