Geral

6 Mitos e verdades sobre a suplementação da vitamina C

Contabilidade
Sending
User Review
0 (0 votes)

6 Mitos e verdades sobre a suplementação da vitamina C 

Apesar de ser imprescindível para o corpo, a vitamina C não é produzida por ele. Muitos benefícios são provenientes desse nutriente e por isso é muito importante sua presença no organismo, seja pela ingestão de alimentos ou pela suplementação. E quando esse é o assunto, muitas dúvidas acabam surgindo. É verdade que quando estamos gripados devemos consumir vitamina C? Os alimentos contêm mais vitamina do que os suplementos? A Consumer Healthcare na Sanofi convidou o Dr. Rodolfo Camargo, nutricionista e especialista em suplementação, para esclarecer alguns mitos e verdades. Confira a seguir: 

1 – É correto ingerir vitamina C todos os dias.  

Verdade. Seja através de alimentos ou da suplementação, o correto é que o organismo obtenha vitamina C todos os dias. Mesmo em casos em que o corpo não apresente a deficiência desse nutriente, ainda sim é recomendado essa ingestão com recorrência, pois dessa forma, quando houver um caso de gripe, por exemplo, a magnitude dessa infecção será menor, já que o sistema imunológico estará mais preparado, devido aos níveis adequados de vitamina C presentes no corpo. É importante citar que uma semana sem ingerir essa vitamina é o suficiente para que o estoque despenque e que quando os sintomas aparecerem, isso significará que o organismo está infectado há alguns dias e, portanto, a carga viral está alta, não adiantando recorrer à vitamina apenas após a infecção.  

2 – A absorção de vitamina C obtida através do alimento é melhor do que a do comprimido.  

Mito. O organismo não é capaz de identificar a origem da vitamina C. Quando ela chega no intestino, ela já foi digerida pelo estômago, tornando-se o quimo, massa pastosa formada após a digestão. Dessa forma, o intestino não consegue reconhecer se a vitamina veio de um alimento ou de um comprimido, já que ela é absorvida da mesma forma pelo corpo. O que acontece é que a quantidade de vitamina C presente nos alimentos é geralmente menor do que nos comprimidos, o que permite que ela seja 100% absorvida. Como em alguns comprimidos a quantidade pode ser superior ao limite de absorção (em média 500mg), o organismo não conseguirá absorver totalmente esse nutriente.  

3 – O consumo de colágeno diário é ineficaz se houver déficit de vitamina C no organismo. 

Verdade. Após o colágeno ser ingerido pelo corpo humano, ocorre a quebra desse colágeno em aminoácidos. Após essa quebra, os aminoácidos precisam ser reconstruídos para se tornarem colágeno novamente, ou seja, precisam ser sintetizados. Na falta de vitamina C, essa síntese não acontece e, portanto, o organismo não produzirá o colágeno da maneira correta.  

4 – Não é correto tomar vitamina C caso ela não esteja em falta no organismo. 

Mito. Quando o ser humano fornece uma quantidade de vitamina C para o corpo um pouco maior do que a dose necessária, desde que não ultrapasse o limite (em média 500mg), ele garante o poder antioxidante, ou seja, permite que a pessoa viva melhor e evite um mau envelhecimento. Para entender melhor, o organismo produz uma substância chamada radicais livres. Essa produção ocorre a partir do estresse das células e causam a piora da qualidade de vida. As substâncias antioxidantes diminuem a quantidade de radicais livres no corpo, garantindo que o ser humano viva melhor.  

5 – Os idosos necessitam de mais suplementação. 

Verdade. Com o passar do tempo, por uma questão de paladar, os idosos apresentam mais dificuldade para consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais. Dessa forma, é necessário reforçar esses nutrientes por meio da suplementação, para garantir que eles estejam com a dose necessária em dia. Por isso é importante, a partir de estudos científicos, verificar quais são as maiores carências dessa idade e reforçar a quantidade dessas vitaminas e minerais na formulação dos comprimidos. Além disso, é pertinente que eles complementem a vitamina C por conta do poder antioxidante, garantindo melhor qualidade de vida.  

6 – As mulheres precisam de mais suplementação que os homens.  

Mito. O que ocorre em alguns suplementos vitamínicos voltados para mulheres é a presença de vitaminas e minerais que auxiliam na força e crescimento dos cabelos, nos cuidados com a pele e as unhas, como a biotina, por exemplo. Isso não significa que as mulheres necessitem de mais suplementação do que homens. No geral, os suplementos apenas fornecem nutrientes voltados aos desejos da maioria das mulheres.  

Sobre a Sanofi  

Somos uma inovadora empresa global de saúde, movida por um propósito: buscamos os milagres da ciência para melhorar a vida das pessoas [we chase the miracles of science to improve people’s lives]. Nossa equipe, em cerca de 100 países, dedica-se a transformar a prática da medicina, possibilitando o impossível. Fornecemos opções de tratamento potencialmente decisivos e proteção vacinal essencial para milhões de pessoas em todo o mundo, ao mesmo tempo em que colocamos a sustentabilidade e a responsabilidade social no centro de nossas ambições. 

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: ter, 23 jul.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page