Husky Siberiano - Foto: Pexels/Kateryna Babaieva
Pets

Conhecendo as Raças

Sending
User Review
0 (0 votes)

O husky siberiano e seus similares, cães nórdicos, acredita-se que são todos originários da Sibéria, Rússia, mais especificamente Montes Urais. Usados pelos povos locais para vários tipos de trabalho, durante centenas de anos, foram progressivamente selecionados para puxar trenos, um meio de transporte muito importante nessas temperaturas congelantes.

Eles migraram para o Alasca, quando ainda dominado pela Rússia, e aí se popularizaram pelo mundo. Um fato que contribuiu para aumentar o interesse pela raça foi uma matilha de huskys e outros cães nórdicos que ajudaram a salvar uma aldeia isolada no Alasca durante uma tempestade, levando comida e remédios, quando nenhum outro meio de transporte podia ser usado. Dois cães, Balto, líder de trenó, e Togo, que com 12 anos de idade liderou o trenó por trechos perigosos, são parte da cultura regional e homenageados com monumentos.

O husky siberiano é uma raça de porte médio, com corpo bem proporcional e atlético, o que favorece a velocidade, ajudando no trabalho de puxar trenos em viagens longas, mas com carga leve. O macho com 54-60 cm, 20-27 kg, e a fêmea com 50-56 cm, 16-23 kg, tem uma vida média de 12 a 15 anos. A pelagem macia, dupla, armazena calor e é repelente a água, o que os faz tolerar temperaturas de até -60 C. A variedade de cor é grande, incluindo branco, preto-e-branco, chocolate-e-branco e cinza-e-branco. O padrão dos olhos é castanho ou azul, mas podem ter olhos de cores diferentes ou um olho parti colorido; tem expressão intensa e amigável, mas até um pouco maliciosa. Orelhas eretas e altas.

Foto: Pexels/Julissa Helmuth

O husky é sociável, afetuoso, gosta de estar em matilha, é extremamente teimoso e facilmente fica entediado. Por essas duas últimas características, é uma raça que requer treinamento cedo para se obter sucesso. Alguns huskys, justamente pela personalidade teimosa, podem apresentar certo nível de agressão quando forçados durante o treinamento, se tornando perigosos para os próprios donos.

Em geral, a raça é saudável, mas propenso a certas doenças, algumas hereditárias, entre elas, a hemofilia, epilepsia, distrofia de córnea, catarata juvenil, glaucoma, e atrofia progressiva da retina.

Se na sua lista de raças favoritas para o seu próximo amigo está o husky siberiano, você precisa saber: eles não precisam muitos banhos, mas escovação frequente é importante, principalmente quando troca o pelo duas vezes ao ano. Visita ao oftalmologista anualmente é indispensável. Como cães de trabalho precisam de muito exercício. Comece treinamento cedo e não se desestimule com a teimosia, seja tão determinado quanto eles. Boa sorte!

Dica: Fevereiro é o “Pet Dental Month”, mês do cuidado bucal, aproveite e leve o seu pet para ter os dentes checados pelo seu vet .

Advertisement

Agenda de Eventos Acontece

Taxa de câmbio

Taxas de câmbio USD: qua, 28 fev.

Advertisement

Advertisement

Categorias

You cannot copy content of this page