btn facebook  btn youtube  btn twitter  btn google plus  acontece instagram  acontece issuu

 

Acontece Magazine
btn facebook   btn youtube   btn twitter  btn google plus  acontece instagram  acontece issuu
acontece logo darkred

Valente Brothers - Uma família inspirada na arte e na filosofia do jiu-jitsu

 

 

Os irmãos Joaquim, Pedro e Guilherme unidos pela arte milenar do jiu-jitsu
Os irmãos Joaquim, Pedro e Guilherme unidos pela arte milenar do jiu-jitsu

Por Connie Rocha

São três irmãos que cresceram e aprenderam a amar a arte milenar do jiu-jitsu por meio dos ensinamentos do avô Dr. Syllo Valente, do pai Dr. Pedro Valente e do grande amigo da família, mestre e ícone Helio Gracie. Há quase 60 anos, a família Valente vem treinando não só o jiu-jitsu como uma luta de defesa pessoal, mas também como uma filosofia de vida. Hoje, os irmãos Pedro, Guilherme e Joaquim continuam o legado familiar com estrondoso sucesso, foco e determinação, ensinando e gerenciando suas academias e afiliadas espalhadas pelo mundo, treinando militares americanos, formando professores, ajudando crianças e mulheres e centenas de alunos de todas as idades, sem nunca deixar de lado os exemplos de vida que aprenderam com os seus antecessores. Confira um pouco mais sobre a história de êxito da família Valente, nas palavras do irmão mais velho, Pedro Valente.

Como o jiu-jitsu entrou na vida de vocês, ainda no Brasil?
O jiu-jitsu entrou na nossa vida antes mesmo do nosso nascimento. O meu avô Syllo Valente foi apresentado a essa arte através de um colega japonês, na faculdade de medicina. Quando a academia da família Gracie inaugurou no Rio de Janeiro, ele se matriculou com o filho, o meu pai. Desde então, a família Valente nunca deixou o jiu-jitsu. O meu pai praticou a arte a vida inteira até nos deixar, em 2016. E, nós, desde os 2 anos já estávamos no tatame de quimono fazendo aulas com o grande mestre Helio Grace, que foi também professor do nosso avô e pai.

Você decidiu morar em Miami aos 18 anos, mas antes passou por um treinamento intensivo com o legendário Helio Gracie. Como foi esse momento da sua vida?
Tivemos a grande honra de aprender com Helio Gracie, que eu considero o maior gênio do jiu-jitsu na era moderna. Por ser bem leve, ele foi obrigado a desenvolver a essência de não usar a força física. O jiu- jitsu ensina você a dominar um agressor mais forte, através de princípios da física, usando a força do adversário contra o próprio adversário. Em 80 anos de ensino, ele só deu 28 diplomas de professor, e 4 deles estão na nossa família. O curso dele não era só técnico, mas também filosófico. O professor tem que possuir uma moral ilibada e respeitar um código muito rígido de ética. E ele sabia que o professor de jiu-jitsu se torna um exemplo positivo para seus alunos, não só dentro do tatame, mas fora também. Quando eu estava me preparando para vir morar em Miami, eu passei um mês na casa dele pra me preparar para dar aulas e continuar o meu treinamento. Ele também me preparou pra morar sozinho e enfrentar um país novo.

Como foi do momento em que você decidiu abrir a primeira academia Valente Brothers, até o prédio que vocês têm hoje, em North Miami Beach?
Inicialmente comecei ensinando a alunos e professores em um clube de jiu-jitsu que fundei dentro da Universidade de Miami. No mesmo ano em que vim para os EUA, em 1993, aconteceu o primeiro UFC, e a luta se tornou muito popular. Os alunos descobriram que tinha um discípulo de Helio Gracie na universidade e me chamavam para treinar, inclusive jogadores de futebol americano, que eram muito fortes. Em 1998, depois de formado, eu abri a nossa primeira academia com um colega brasileiro, em Sunny Isles. Em 1999, meu irmão Guilherme também veio estudar aqui, eu fui fazer um MBA e eventualmente decidi me dedicar ao jiu-jitsu integralmente. Em 2003, mudamos para um espaço maior, onde ficamos 14 anos. Nesse tempo, meu irmão caçula Joaquim veio morar e ensinar também. Em 2017, concretizamos um sonho, compramos um terreno e construímos um prédio nosso, 100% dedicado à prática do jiu-jitsu, em North Miami Beach.

Vocês são três irmãos que ensinam, lutam e gerenciam a academia. Entre você, o Gui e o Joaquim, quem tem o perfil mais didático, esportista e empresário?
A nossa atividade principal é dar aulas e o segredo do nosso sucesso é a nossa união e o trabalho. Além disso, o Guilherme, que tem mestrado em administração esportiva, é craque em marketing e redes sociais e faz um trabalho muito importante nessa área. O Joaquim esteve à frente da construção do nosso edifício, na concepção, obra e supervisão do projeto, além de ser formado em criminologia e ser especializado em armas de fogo.Temos um curso de tiro prático na academia, usando um tipo de munição não letal que é utilizada pelas forças especiais, e o Joaquim ensina essas aulas. Eu trabalho muito com a parte pedagógica e o planejamento da nossa metodologia de ensino. No Brasil, o nosso mestre Helio Gracie só ensinava o
programa de defesa pessoal através de aulas individuais e nós desenvolvemos um método de aulas coletivas, que não é focado em competição, mas em defesa pessoal e filosofia de vida, um jiu-jitsu de raiz.

Pra você que é brasileiro, qual a grande diferença ou vantagem em ensinar e investir no esporte aqui nos EUA?
Uma das maiores lições que aprendemos com nosso pai foi a de nunca esquecermos de onde viemos, do Brasil, que é um país maravilhoso e do qual temos orgulho. Mas não podemos negar que aqui nos EUA tivemos uma oportunidade fantástica para desenvolver o nosso trabalho e temos muita gratidão por esse país, por nos proporcionar esse solo tão fértil para o ensino do jiu-jitsu. Aqui pudemos desenvolver um trabalho de mais de 25 anos e ter sucesso com isso.

A Valente Brothers também treina tropas militares americanas e policiais no sul da Flórida. Como aconteceu isso?
Temos a honra de treinar tropas militares e departamentos de Polícia aqui nos EUA. Mês passado estive na base militar de Fort Campbell em Kentucky, ensinando um grupo de 100 soldados em um curso intensivo pros que vão para o Afeganistão. Meu irmão Guilherme deu aulas em Bagdá, durante a guerra do Iraque no Camp Victory, a convite do exército americano. Trabalhamos também com os Navy Seals e com a polícia do condado de Miami-Dade. Pra nós é uma honra trabalhar com os verdadeiros guerreiros da nossa sociedade, que colocam sua vida em risco por uma causa maior, e ser selecionado para esse tipo de trabalho é uma grande honra e uma certeza de que estamos no caminho certo.

Fale um pouco sobre o Code 753, que preserva e ensina a verdadeira filosofia do jiu-jitsu.
O 753 Code foi uma ideia que tivemos para preservar a filosofia do jiu-jitsu e também ensiná-la. Uma filosofia que objetiva o desenvolvimento físico mental e espiritual dos praticantes. O número 7 representa as sete palavras que abrem o caminho para a evolução espiritual: retidão, coragem, benevolência, respeito, honestidade, honra e lealdade. O 5 representa as cinco palavras para a cultivação da saúde física: alimentação, exercício, repouso, higiene e positividade (que é o antídoto contra o stress). E o 3 representa os três elementos que desenvolvem a força mental de um guerreiro: atenção plena, equilíbrio emocional e fluidez (ou a capacidade de fazer tudo isso de uma forma natural).

Vocês também fazem um trabalho bacana com as mulheres. Conte sobre isso.
Acredito que a prática da defesa pessoal é uma das melhores ferramentas que existem para o empoderamento da mulher. Nos últimos 100 anos, as mulheres obtiveram conquistas fantásticas em vários sentidos e isso é muito merecido, mas existe uma situação onde a mulher ainda se sente, na maioria dos casos, inferior ao homem, que é a questão física. Uma mulher muitas vezes não vê condições de se defender se um homem decidir atacá-la, claro que há exceções, mas na maioria das vezes não. O jiu-jitsu tem a capacidade de igualar isso. De a mulher ter a confiança de que, se o homem quiser subjugá-la fisicamente, ela poderá se defender e dominar esse homem, através do conhecimento técnico do jiu-jitsu. Nós temos meninas, adolescentes e mulheres adultas aprendendo. Muitos pais trazem as filhas que vão morar e estudar sozinhas na faculdade para aprenderem a se defender quando estão sozinhas. E esse trabalho é muito importante pra nós.

O que diferencia a Valente Brothers das demais academias brasileiras de jiu-jitsu? E o sucesso da academia?
O mais importante numa academia de jiu-jitsu é o caráter dos professores. Ele tem que ser um exemplo de saúde, de honestidade, de educação, de disciplina e de generosidade. Nós ensinamos uma arte marcial, ensinamos a pessoa a se defender, a lutar com golpes e técnicas que se forem mal aplicadas podem se tornar perigosas, então o professor tem a obrigação de passar ao aluno um comportamento ético e respeitoso. Nós focamos 100% na defesa pessoal e na filosofia do jiu-jitsu. A grande maioria foca mais no jiu-jitsu de competição. Acho que o nosso sucesso vem do trabalho com muita organização, limpeza e pontualidade. Conseguimos criar um ambiente positivo e seguro, onde os alunos se sentem bem. Somos três irmãos apaixonados pelo jiu-jitsu e que acreditam nessa arte como uma ferramenta para ajudar na vida do ser humano, tornando-o mais autoconfiante, o que leva à tolerância, à paciência e a fazer o bem ao próximo. Trabalhamos com crianças tímidas, que sofrem com o “bullying”. Os pais trazem essas crianças até nós para que possamos ajudá-las e as transformações são incríveis.

Quantas academias vocês têm hoje no sul da Flórida e quais os projetos futuros da família Valente?
Temos a academia principal em North Miami Beach além de algumas academias afiliadas Valente Brothers lideradas por instrutores que, depois de muitos anos de prática, conseguiram chegar à faixa-preta, concluíram o nosso curso de professor, e utilizam o nosso método de ensino. No sul da Flórida temos além da matriz uma em Coral Gables e outra em Pembroke Pines.

As  aulas na academia Valente Brothers não são focadas em competições,  mas em defesa pessoal e filosofia de vida
As aulas na academia Valente Brothers não são focadas em competições, mas em defesa pessoal e filosofia de vida

As  aulas na academia Valente Brothers não são focadas em competições,  mas em defesa pessoal e filosofia de vida
As aulas na academia Valente Brothers não são focadas em competições, mas em defesa pessoal e filosofia de vida

 

Pinit Fg En Rect Red 20
e-max.it: your social media marketing partner

Notícias Relacionadas

Priscilla Queen of The Desert - The Musical

Jun/13 a Jun/30 - Priscilla Queen of The Desert - The Musical

O musical Priscilla Queen of The Desert, baseado no…
Dr Robert Rey e Dr Thierry Jacquemin

Jun/17 - Cirurgião Plástico Dr Robert Rey em Miami

O que: Cirurgião Plástico Dr Robert Rey em Miami Quando: 17…
Musical “Come from Away” no Arsht Center

Jun/18 a 29 - Musical “Come from Away” no Arsht Center

“Come from Away” é um musical que conta a história verídica…
Lançamento do álbum “Baia Bossa Dylan” em Miami

Jun/28 - Lançamento do álbum “Baia Bossa Dylan” em Miami

Completando 25 anos de carreira, 10 álbuns autorais e um…
Carlinhos Maia faz show em Miami e Orlando em julho

Jul/05 e 06 - Carlinhos Maia faz show em Miami e Orlando em julho

O comediante Carlinhos Maia apresenta o seu stand up…

Videos

CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR O VÍDEO

 

Karmel Bortoleti

Making of do ensaio fotográfico de Karmel Bortoleti para a editoria fashion da edição de abril de 2017 da Acontece Magazine


Ensaio fotográfico do ator Caio Castro em Miami para a Acontece Magazine de agosto de 2017

Ensaio fotográfico do ator Caio Castro em Miami para a Acontece Magazine de agosto de 2017


Vera Viel posa com tema náutico para a Acontece Magazine em Miami

Vera Viel posa com tema náutico para a Acontece Magazine em Miami


Ensaio Fotográfico

Ensaio fotográfico com as modelos Cate Chant e Flavianny Nassimbeni para a editoria Fashion da edição de maio de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Making Of Abril 2016

Ensaio fotográfico com Karmel Bortoleti para a editoria Fashion da edição de abril de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de março

Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de março de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Acontece Magazine - Making of - Karina Bacchi - March 2016

Acontece Magazine - Making of - Karina Bacchi - March 2016


Ensaio Fotográfico

Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de fevereiro de 2016 da Acontece Magazine


Making Of Janeiro 2016

Making of do ensaio fotográfico para a capa e a editoria fashion da edição de janeiro de 2016 da Acontece Magazine com a participação da modelo Andrea Méndes Arroio


Making Of Dezembro

Acontece Magazine Making of de Dezembro 2015




DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd