btn facebook  btn youtube  btn twitter  btn google plus  acontece instagram  acontece issuu

 

Acontece Magazine
btn facebook   btn youtube   btn twitter  btn google plus  acontece instagram  acontece issuu
acontece logo darkred

As histórias e as lições de quem já passou por grandes crises - e venceu

 

As histórias e as lições de quem já passou por grandes crises - e venceu
As histórias e as lições de quem já passou por grandes crises - e venceu

Por: Gabriella Bueno

Quem nunca ouviu a célebre frase “enquanto uns choram, outros vendem lenços”? Em poucas palavras, a sentença resume o que costuma acontecer em momentos de crise, como o que o mundo enfrenta agora.

Acredite: embora muitos setores econômicos estejam sofrendo com a pandemia, há segmentos – como educação à distância e comércios baseados em plataformas digitais, só para citar dois exemplos – que encontram na turbulência o terreno ideal para crescer. Mas também há empresas que só conseguem sobreviver a grandes crises graças à resiliência e capacidade de reinvenção de seus líderes.

Para quem supera uma grande adversidade, mais do que as histórias de superação, ficam os aprendizados extraídos dos momentos de maior dificuldade. Conheça as lições de empresários que superaram grandes crises e hoje faturam milhões de reais com suas empresas.

Os aprendizados da Kemp, usados na crise atual

Análise e redução de custos: “Ligamos para todos os fornecedores, negociamos prazos, valores, cortamos o que não era essencial, aplicamos o OBZ (orçamento base zero) e descobrimos que todos os fornecedores tinham margem para negociar. Em alguns casos descobrimos que fornecedores mais antigos cobravam um valor acima do mercado, como o caso de TI. O fornecedor cobrava R$ 25 mil e arrumamos outro igual por R$ 5 mil, que segue conosco até hoje. Detalhe: esse de R$ 25 mil era um prestador antigo, no qual confiávamos. Naquela época era diferente, pois alguns segmentos estavam em crise, não eram todos. Então, as negociações eram mais difíceis.
Atenção aos contratos com fornecedores: “Sempre faça orçamentos com vários fornecedores e pesquise o valor de mercado para tudo. Todo mundo tem uma margem de negociação. Explore isso. E tenha muito claro o tipo de contrato que você possui com seus fornecedores, clientes e parceiros. Muitas vezes, as multas são altíssimas, algumas cláusulas acabam deixando você em uma saia justa para negociar. Isso deve ser pensado quando contratar.”

Decisões baseadas na razão: “Mantenha a calma, o foco, a flexibilidade. Na análise, não podemos agir com o coração. Temos que ser totalmente racionais e focar em quais pessoas são necessárias para manter a empresa viva. Saímos de quase 200 pessoas para 30, um faturamento de R$ 54 milhões para R$ 3 milhões. Tivemos que nos reinventar.”

Exercer o desapego – “Às vezes, ficamos apegados às pessoas e às coisas. Para a gente, é muito difícil quando temos que desligar pessoas. Sabemos que, por trás de cada kempiano, tem uma família, vários compromissos assumidos. Sabemos que uma decisão errada nossa reflete na vida de muitos. Nesta hora tivemos que usar a razão, de maneira até ‘meio fria’, mas com o intuito de manter a empresa viva para , no futuro, se possível recontratar quem era importante, mas que não conseguíamos manter”.

Velocidade e agilidade nas decisões: “É preciso agir rapidamente na redução de custos e despesas. Não se pode ficar esperando que ‘as coisas vão melhorar’ ou ficar ‘agarrado’ a coisas emocionais e demorar para resolver. O tempo passa rápido e as despesas se acumulam.”

Transparência com a equipe (e com os demais públicos): “A análise da equipe sempre é o mais difícil, mas o mais importante de tudo é manter a transparência sempre. Ser claro, direto, explicar o que está acontecendo, pois é a equipe que constrói a empresa e será com os colaboradores que ela crescerá novamente. É preciso ter transparência sempre, com todos – fornecedores, parceiros, etc. –, sempre falar abertamente, diretamente o que está acontecendo e quais próximos passos a serem tomados”.

Descentralização de receita: “Não temos mais uma receita concentrada em um único cliente. Nossa maior concentração está em 9%. Temos uma área comercial ativa e, consequentemente, novas frentes de negócios. Desenvolvemos o controle financeiro e o controle de trabalhos. Por outro lado, a rentabilidade dos trabalhos caiu muito, gerando um lucro menor. Consequentemente, ficamos não capitalizados.”

Visão realista: “Ao desligar muitas pessoas, existe uma dificuldade gigante para manter a equipe motivada. O medo prevalece realmente. É preciso ser claro com a equipe, explicar a real situação. Por mais difícil que seja, a verdade sempre. E nada de e-mails ou cartas. A conversa deve ser olho no olho (agora, com a Covid, não tem como ser ao vivo, só via web), e o empresário deve estar aberto a qualquer pergunta e ir ‘desarmado’ para a reunião ou conversa com os funcionários. Lembre-se: eles são pessoas, famílias, colegas ou amigos. Não os trate como números. Quando a empresa retomar as atividades, serão eles que farão o negócio crescer novamente.”

Foco em como manter a empresa viva: “A empresa é o mais importante. O planejamento financeiro deve passar a ser diário e cada passo de cada despesa e negociação deve ser acompanhado na ponta do lápis. Deve-se cortar todos os benefícios dos sócios e reduzir retiradas. Manter somente o necessário para sobrevivência da empresa. Parcelar gastos ajuda, mas não resolve o problema. O foco é reduzir.
Valorização das parcerias: “Jamais esqueça de quem ajudou você a passar por essa fase. Quando a situação se normalizar, é quase que uma obrigação dar prioridades a essas pessoas ou empresas. Tenha boas conversas. Parcerias duradouras sempre trazem bons frutos. As parcerias mais duradouras se constroem nas adversidades.”

Investir em tecnologia: “Mesmo na crise nunca deixamos de investir em tecnologia. Um dos maiores investimentos recentes foi no desenvolvimento da plataforma do Workemp, plataforma de gestão de engenharia desenvolvida para atender toda a gestão da operação da empresa. O sistema controla serviços, as atividades de cada kempiano, com apontamentos de hora, atas de reuniões, controle de despesas e reembolsos, compras, diário de obra, gestão de pendências, além de oferecer um fórum de comunicação.”

Sobre a KEMP
A Kemp é uma empresa de projetos e gerenciamento de obras fundada há 10 anos por Rogério Moraes e Barbara Kemp. Sediada em São Paulo, com aproximadamente 150 funcionários, atua em todas as regiões do país, oferecendo soluções personalizadas para cada tipo de empresa, independentemente de porte ou localização. Entre os serviços e soluções disponíveis estão estudos de viabilidade técnica e legal, concepção, desenvolvimento e execução de projetos de arquitetura e complementares, aprovações legais, gerenciamento de obras e processos de rollout. Atualmente, a empresa tem em seu portfólio clientes como Santander, O Boticário, Renner, QuikSilver, C&A, Burger King, Carrefour, Claro, Leroy Merlin, TIM e Walmart.

 

Pinit Fg En Rect Red 20
e-max.it: your social media marketing partner

Notícias Relacionadas

Mostra mulheres do audivisual" exibe online 25 longas e 13 curtas

Jun/12 ate Jul/13 - "Mostra mulheres do audivisual" exibe online 25 longas e 13 curtas"

Inffinito Film Festival apresenta 38 produções nacionais…
BDO Song Festival 2020

Jul/17 - BDO Song Festival 2020

"O primeiro festival de música on-line para brasileiros que…
“Labor Day", o Dia do Trabalho nos Estados Unidos

Set/07 - “Labor Day", o Dia do Trabalho nos Estados Unidos

O “Labor Day”, o Dia do Trabalho nos Estados Unidos,…
Está confirmado o Festival de Pompano deste ano, porém sem a presença de Milton Nascimento

A banda Smash Mouth confirma participação no Festival de Pompano deste ano

Pompano Beach, dia 8 de maio de 2020Em nota o organizador…
Happy Thanksgiving

Novembro - Ação de Graças / Thanksgiving

O Dia de Ação de Graças, conhecido em inglês como…

Videos

CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR O VÍDEO

 

Karmel Bortoleti

Making of do ensaio fotográfico de Karmel Bortoleti para a editoria fashion da edição de abril de 2017 da Acontece Magazine


Ensaio fotográfico do ator Caio Castro em Miami para a Acontece Magazine de agosto de 2017

Ensaio fotográfico do ator Caio Castro em Miami para a Acontece Magazine de agosto de 2017


Vera Viel posa com tema náutico para a Acontece Magazine em Miami

Vera Viel posa com tema náutico para a Acontece Magazine em Miami


Ensaio Fotográfico

Ensaio fotográfico com as modelos Cate Chant e Flavianny Nassimbeni para a editoria Fashion da edição de maio de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Making Of Abril 2016

Ensaio fotográfico com Karmel Bortoleti para a editoria Fashion da edição de abril de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de março

Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de março de 2016 da Acontece Magazine por Gerardo Gomez


Acontece Magazine - Making of - Karina Bacchi - March 2016

Acontece Magazine - Making of - Karina Bacchi - March 2016


Ensaio Fotográfico

Ensaio fotográfico para a editoria Fashion da edição de fevereiro de 2016 da Acontece Magazine


Making Of Janeiro 2016

Making of do ensaio fotográfico para a capa e a editoria fashion da edição de janeiro de 2016 da Acontece Magazine com a participação da modelo Andrea Méndes Arroio


Making Of Dezembro

Acontece Magazine Making of de Dezembro 2015




DMC Firewall is a Joomla Security extension!